Como decorar quarto de irmãos: menina e menino!!!!!

Dividir o quarto com o irmão do sexo oposto é possível siiim!!!! mas com certeza decorar é um desafio.

Como fazer um quarto lindo e deixar o espaço de cada um com a cara deles???

O ponto de partida é conhecer bem cada uma das crianças, suas preferências e comportamentos. Incentiva-los a participarem da escolha da decoração, cores, móveis é uma boa maneira de personalizar cada um dos cantinhos.

Trabalhar as cores(você pode diferenciar nas paredes, ou então usar uma cor base neutra e usar cores mais vivas ou até mesmo o tradicional rosa e o azul na decoração, pontualmente) e texturas, usar roupas de camas diferenciadas,usar objetos pessoais de cada um na composição da decoração faz com que consigamos um ambiente dividido visualmente e que os irmãos consigam manter sua individualidade e retratem em cada espaço a sua personalidade.

 

A disposição do espaço é uma outra solução para separar esses dois mundos diferentes. Trabalhar com alturas de camas diferentes por exemplo.  O legal é conseguir dar essa individualidade mas ao mesmo tempo integrar harmoniosamente o espaço.

Metais Dourados e Cobre no Banheiro

Uma tendência na decoração é usar metais dourados ou cobre no metais do banheiro. O Design inovador de algumas peças aliados aos tons darão um toque de contemporaneidade e luxo ao ambiente.

Você vai poder optar por uma gama de tons dentro dessas cores e deixar seu ambiente super em alta e sofisticado.

Porém é importante não exagerar nos tons dourados e cobres para não deixar seu banheiro cansativo. O legal é você usar essas cores pontualmente mesmo, limitando-se aos metais e no máximo algum outro detalhe. Use com louças em tons neutros ou em preto,  assim não terá erro 😉

Aqueça a casa para o frio!!!!! com Maxi tricô!!!!

O friozinho vem chegando e precisamos começar a preparar a casa para recebe-lo. E este ano uma das maneiras de fazer isso é apostar nessa super tendência: o MAXI TRICÔ!!!

Esta técnica artesanal que antes fazia sucesso apenas na casa das vovós, caiu no gosto de arquitetos e designers e agora é sinônimo de bom gosto e estilo.

Além de trazer um charme ele dá um ar super aconchegante ao ambiente. Encontramos o maxi tricô em pufes, almofadas, colchas, mantas, tapetes, luminárias, vasos e até cama para os pets.

E aí? gostou? Já pensou que delícia para dias frios e chuvosos de inverno, se aconchegar em um maxi tricô 😉

 

 

Como decorar um aparador

O aparador é uma peça coringa na decoração. Ele é super versátil, podemos usá-lo no hall de entrada, na sala, cozinha, sala de jantar, etc.

Mas antes de decorá-lo é preciso entender em que contexto ele está, pois dependendo do ambiente ele pode assumir funções diferentes. Ele pode estar em um ambiente tanto de forma funcional como apenas decorativo.

No hall de entrada ele tem mais a função decorativa, aí neste caso o ideal é decora-lo com  poucas peças altas e chamativas. Aqui neste ambiente ele também pode vir acompanhado de um belo espelho ou quadro na parede, só tome cuidado com a largura, para ser proporcional com o móvel. Uma boa dica aqui para deixa-lo mais funcional é colocar uma bandeja para apoiar chaves e correspondências.

Na sala de estar o aparador pode ter função de barzinho e apoiar copos e bebidas além de em alguns caso delimitar e dividir ambientes. Neste espaço você pode decorar o aparador com um belo vaso alto de flores, com bandejas, livros, porta-retratos, revistas.

Já na sala de jantar, ele vira uma superfície de apoio para pratos, copos e as vezes até faz o papel de buffet. Neste caso o ideal é você decora-lo de forma minimalista para que ele possa receber todos esses objetos sem muito remanejo de peças. Uma boa dica aqui é um belo vaso com um arranjo de flores, ou somente vasos, um ou dois, imponentes, ou ainda um belo castiçal.

 

 

 

Dicas para escolher a cortina ideal!!!!

Existe no mercado hoje vários tipos e tamanhos de cortinas, diversos tecidos, o que pode gerar muitas dúvidas na hora de escolher o modelo certo. Mas o primeiro passo é saber o que você pretende ter como conceito do ambiente: clássico? moderno? aconchegante?…e qual será o papel da cortina, se garantir privacidade, controlar a luminosidade ou apenas decorativa.

Sabendo isso você vai começar pelos dados práticos, que são as medidas. Você vai medir altura e largura da janela, e considerar sempre uma folga de tecido nas laterais, que pode ser de 15 a 20 cm de cada lado.

Com estas medidas em mãos você precisa saber se sua janela recebe muita incidência de luz, se entra muito sol. Neste caso será preciso uma camada a mais de tecido para bloquear a passagem de luz, o chamado black-out, que nada mais é do que um forro grosso que ira compor com a primeira camada de cortina. A segunda camada de cortina pode ser um tecido mais leve, como um voal, renda, linho, seda,…vai depender dos outros elementos da decoração do ambiente.

Lembrando que a folga nas laterais deve ser levada em consideração na hora de comprar o varão 😉

Quanto aos tecidos uma dica é evitar tecido escuro em janelas com o índice de luz solar muito intenso, pois o tecido escuro retém o calor e aumenta a temperatura do ambiente, além de desbotar.

Uma boa opção é escolher tecidos em cores neutras para ter mais liberdade e facilidade na hora de compor com o  restante da decoração.

2

Agora se o que você pretende é usar a cortina apenas como um elemento decorativo, opte por tecidos leves e fluídos que darão uma parcial privacidade ao ambiente sem perder a luminosidade externa e a vista para alguma paisagem.

cortinas

sobre-cortinas

 

 

Tendências de decoração para 2017

O mundo da decoração, assim como o mundo da moda, é composto por tendências e conceitos. Portanto, a cada ano surgem novos conceitos que irão guiar o design de interiores e a decoração de ambientes. Para 2017 separamos algumas das tendências para você se inspirar e repaginar a sua casa.

GEOMETRIA:

A Geometria virá fazendo muito sucesso na decoração, tanto em paredes, pisos e também em tecidos de sofá, poltronas, tapetes…

CORES:

As cores que estarão em alta neste ano são: variações de verde(principalmente o verde militar), de azul, amarelo e variações do cinza.

TIJOLINHOS:

E eles continuam com força total!!! para quem adora este revestimento, pode sim ficar muito feliz!!!!Eles são ótimos aliados na decoração industrial ou para dar um ar mais rústico ao ambiente, trazendo muito aconchego.

BRONZE:

A cor bronze vem em objetos e luminárias além do vidros e espelhos.

PAPEL DE PAREDE METALIZADO:

O papel de parede este ano vem trazendo tons metalizados, deixando os ambientes mais sofisticados.

OBJETOS ARTESANAIS:

Os trabalhos manuais estão cada vez mais valorizados. Aqui entra o tricô, o crochê em almofadas, tapetes, objetos, etc. Aposte!!!

 

 

 

Decoração Escandinava

A decoração no estilo escandinavo está super em alta. Ela combina o aconchego à simplicidade e formas contemporâneas. Se você também é um apreciador deste estilo ou quer conhecer um pouco mais sobre esta tendência aqui estão algumas dicas e fotos para você se inspirar.

A Escandinávia é uma região que fica no norte da Europa e que abrange a Dinamarca, Suécia, Noruega, Finlândia, as ilhas Feroé e a Islândia.

O design escandinavo ou nórdico consiste em ter um ambiente minimalista, simples, básico e aconchegante. Geralmente este estilo utiliza uma paleta de cores neutras com maior predominância no branco(principalmente paredes), mesclada com tons mais vibrantes nos objetos. O conceito é “salpicar” cores em um ambiente branco.

As principais cores do estilo escandinavo são: branca, cinza e bege. Os detalhes em madeiras(abundância do estilo rústico) auxiliam e deixam a decoração com ar confortável e clássico, ela pode aparecer em várias versões: nos pisos, nos pés dos móveis, estantes e outros objetos. O estilo nórdico apresenta quase sempre, móveis retos e elegantes. Além de trazer plantas e flores na decoração.

Geralmente os tecidos e estofados são naturais(linho, algodão,…) e em tons neutros.

Iluminação natural é outro ítem super importante no design escandinavo. Em alguns projetos elas são até mesmo o ponto focal do ambiente. Quase sempre as janelas são livres, ou seja, sem adornos, de modo a dar entrada ao máximo de luz natural possível.

O piso no ambiente escandinavo é de madeira e de preferência madeira clara. Mas hoje no mercado temos várias alternativas para você variar o material sem perder o estilo proposto.

 

Parede cinza!!!!

A parede cinza está super em alta na decoração, poderíamos até dizer que ela é o novo bege. Este tom neutro permite várias combinações e com isso podemos compor vários estilos, em alguns casos variando apenas alguns detalhes.

Olha só que legal estas duas maneiras de compor que separamos para te inspirar 😉

CINZA COM CORES:

Se você gosta de um ambiente mais despojado, aposte nesta cor combinando com  cores vibrantes e objetos descolados.

CLEAN:

Para um ambiente mais clean, você pode usar o cinza com outros tons neutros, como o branco e até mesmo algumas pinceladas de preto. Ah, e claro, vale investir no bege também. Uma boa dica aqui é usar um rodapé mais alto e branco, vai dar um destaque incrível para sua parede.

6 dicas para não errar na hora de projetar sua cozinha

Ter um cozinha linda é o desejo de 10 entre 10 pessoas que estão pensando em reformar ou fazer a cozinha nova, mas saiba que beleza não é o único aspecto que você deve se preocupar, neste ambiente a praticidade e funcionalidade são fundamentais.

Portanto na hora de projetar é importante pensar nas necessidades e características de quem mais irá usar este espaço, qual será a frequência de uso e qual o estilo que mais se gosta e claro as dimensões do ambiente e se este é integrado à sala ou não.

Nas cozinhas integradas o bacana é que você consegue ampliar o espaço e compartilhar momentos com a família e amigos. Mas antes de sair quebrando as paredes, alguns cuidados são importantes, como saber como é a estrutura do prédio, para não danificar e comprometer nada, para isto é fundamental que você consulte um arquiteto ou engenheiro. Outro ponto é quanto ao hábito da família, se por acaso a fritura for uma constante é fundamental a instalação de uma coifa bem potente, e não esquecer de checar se o prédio já possui um sistema de exaustão, que é o que jogará os vapores para a área externa. Neste caso o depurador ou a coifa instalada como função depurador, não será o suficiente.

Na hora de escolher os revestimentos atenção redobrada, tanto para paredes, quanto bancadas e pisos. A cozinha é uma área que acumula bastante gordura, então é preciso se preocupar com a facilidade de manutenção. Nas bancadas dê preferência para materiais de baixa porosidade como granito ou alguns materiais sintéticos, assim você evitará manchas e estragos maiores. O inox e o alumínio também são excelentes alternativas, porém deve se ter um cuidado um pouco maior quanto à riscos.

E claro, na hora de projetar o mobiliário peça ao profissional responsável pelo projeto para levar em consideração alguns itens bem importantes: profundidade dos armários, posição de tomadas e interruptores, sifão e atenção: as medidas dos seus eletrodomésticos.